Teclado e mecanismo

Além de ter boa sonoridade, um bom piano tem que responder com precisão às intenções do pianista. Esta resposta é resultado da combinação perfeita dos movimentos do teclado e do mecanismo do piano e é denominada; toque ou controle.

As teclas do piano são o ponto de contato entre o pianista e o seu instrumento. Esta intimidade resultará em infinitos toques; suaves, vigorosos, longos, curtos. Seja qual for a força empregada pelos dedos do pianista, elas devem agir imediatamente, para depois, retornarem a posição de descanso.

A uniformidade do toque é de extrema importância para o pianista. O objetivo é de que o pianista tenha a mesma sensação tocando em toda a extensão do teclado, da nota mais alta a mais baixa. Para que isto ocorra, as teclas são pesadas e balanceadas individualmente, para que sejam compensadas as diferenças de peso existente entre os martelos dos baixos até os agudos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *